Café Com Ideias em NY: A “Crise” ! (Um paralelo entre o comportamento dos americanos diante da crise de 2008 e do povo brasileiro frente à recente “Crise”).

IMG-20150815-WA0001

Café Com Ideias: Nunca se ouviu falar tanto em crise como nos últimos tempos. Como lidar com a crise? Qual seria o comportamento mais adequado para os tempos de crise? Como diferenciar o necessário do que é supérfluo em momentos de crise? Estas são as perguntas mais frequentes que o brasileiro tem feito para especialistas de diversas áreas. Saiba tudo sobre o comportamento dos americanos mediante a crise que se instalou em  2008 e somente agora está dando uma trégua, o que fizeram para segurar a onda e como podemos nos espelhar neles no cenário atual:

Por Suzana Marques,

“Hello everybody!!!

Estou de volta com mais um assunto, que julgo ser muito importante, principalmente em função da atual situação econômica do Brasil. Quero falar um pouco da “Crise”, palavra que “nunca antes na história deste país…”(este jargão caiu como uma luva..rs) foi tão falada quanto tem sido nos últimos tempos.

A minha curiosidade em relação a este assunto, se deu devido ao fato de que em praticamente todos os meus diálogos, seja por qual mídia for, com brasileiros ou estrangeiros, sempre leio ou escuto a respeito. A “Crise” brasileira não deixa de ser assunto recorrente e, muito preocupante também, pois, estamos todos no mesmo barco, não é mesmo? Daí, parti em busca de alguma informação que possibilitasse um paralelo entre o comportamento dos americanos diante da crise de 2008 e, o nosso, frente a nossa crise. Também tentar encontrar alguma boa ideia que nos pudesse ser útil.

A crise de 2008 nos EUA, que alcançou os alarmantes dados de 49,7 milhões de pessoas abaixo da linha da miséria e, aproximadamente 80% da população próximo da pobreza, só agora começou a ser deixada para trás, mas deixou marcas profundas no consumidor norte americano que ainda vive dias difíceis e, foi ponto de partida para importantes mudanças de comportamento do cidadão comum, as quais deveriam ser seguidas como exemplo por nós brasileiros, pois, ao contrário do que se imagina, os americanos apesar de terem crédito e acesso a todas as marcas e produtos de melhor qualidade, uma coisa que não se vê por aqui é ostentação, como se vê no Brasil de uma forma generalizada.

Além de todas as medidas econômicas adotadas pelo governo, uma mudança de comportamento do consumidor americano está sendo de grande importância para superação da crise.                                                                                                                 

Podemos citar algumas coisas interessantes como a redução do desperdício(e quem diria heim??? americano que nunca teve o hábito de consertar nada, atrapalhou joga fora e compra outro novo…), aquisição apenas do que é realmente essencial e algumas mudanças de valores.

Em função da crise, os consumidores trocaram marcas tradicionais de vestuário, por marcas próprias de lojas de departamento, marcando assim, o crescimento da nova moda batizada como “Cheap&Chic”(barato e chique), representada pelas Uniqlo, H&M dentre outras, similares as lojas C&A, Renner, Riachuelo e etc. E mais, o americano literalmente aprendeu a “Arte da barganha”, não comprar nada sem antes chorar muito para conseguir melhores preços.

Quanto aos lojistas, algumas armas utilizadas foram, maior esforço na manutenção dos clientes que já possuíam, com a elevação da eficiência do serviço prestado, maiores investimentos em capital humano, assim como corte nos custos e diminuição dos riscos, chegando até a diminuição no tamanho das lojas.

Como mudança e valores do cidadão americano, podemos citar o fato de eles passarem a buscar pelo até então chamado de subempregos, o que em outras épocas áureas da economia do país, seria impensável. Hoje é comum muitas americanas trabalhando de baby sitters, para custear a faculdade dos filhos, assim como americanos espalhados por todas as obras de construção civil.

No Brasil a imagem é, senão tudo, quase tudo, e as pessoas tem o costume de reduzir o consumo do que é essencial, para conseguir manter o supérfluo, o que é perigoso, pois, mesmo em épocas em que a economia do país está voando em “céu de brigadeiro”(não me lembro bem dessa época…rs), isso pode acabar nos levando a um colapso econômico financeiro.

Mas, com crise ou sem crise, algo que chama muita atenção por aqui, seja por parte dos nativos ou dos imigrantes, é o patriotismo, o amor pelo país, que você consegue sentir até pelo ar que respira, em praticamente todas as fachadas das casas, vai haver uma bandeira dos EUA. Acho que essa crença e amor pelo país, também foi fundamental para as mudanças positivas na economia.

Espero que as poucas informações expostas acima, nos leve ao mínimo possível de reflexão, do quão importante são as nossas atitudes, em busca de um país realmente melhor para todos.

Abraços,

Suzana Marques.”

Se você gostou deste post, faça um comentário ou sinta-se à vontade para sugerir novos temas.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Café Com Idéias com as etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . ligação permanente.

5 respostas a Café Com Ideias em NY: A “Crise” ! (Um paralelo entre o comportamento dos americanos diante da crise de 2008 e do povo brasileiro frente à recente “Crise”).

  1. Excelente reflexão!
    Parabéns Suzana Marques! !

  2. Domingos Bonaparte diz:

    Minha amiga Suzana.

    Críticas sempre são boas, penso eu. Talvez, não sei bem o seu objetivo, devesse se aproximar um pouco mais de uma escrita científica. Sendo assim, poderia evitar AFIRMAR ‘o americano’, ‘o povo brasileiro’, ‘todo mundo’, etc. Afirmações abrangentes, para muitos leitores, podem ter menor credibilidade, exatamente pela abrangência delas.
    Parabéns, pelo esforço da comparação, pela coragem e pela bondade de nos passar suas observações e seu amor pelo Brasil.
    Vou ler todas. Caso não queira os comentários de um setentão, seu amigo, não os farei mais.
    Um abraço, minha amiga brasileira em NY.

  3. Suzana Marques diz:

    Meu amigo, muito obrigada pelas observações, com certeza são muito importantes para mim!!! Vamos trocar ideias sim, com certeza. Muito obrigada pelo carinho e pelo incentivo! Saiba que é um grande honra para mim, saber que está acompanhando as postagens do blog, sinta-se a vontade para fazer as coleções que achar necessárias. Saiba que te admiro muito e tenho pelo Senhor uma grande amizade! Mais uma vez muito obrigada!!!

  4. Suzana Marques diz:

    Oi Meu amigo, muito obrigada pelas criticas e observações, são muito bem vindas e com certeza vou seguir seus conselhos. Sinto-me muito honrada em saber que esta seguindo as publicações do Blog, fique a vontade quanto aos comentários, pois, são muito enriquecedores. Muito obrigada pelo carinho, incentivo e amizade! Quero que saiba que tenho muita admiração e grande amizade pelo Senhor! Apesar de todas as dificuldades que enfrentamos ai, eu amo ser brasileira, com muito orgulho, com muito amor!!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s