Iniciando um estudo sobre a PNL(Programação Neurolinguística) e sua aplicabilidade!

images

Café Com deias:  Conforme divulgado anteriormente, o Café Com Ideias vem com uma nova proposta, que é desenvolver um estudo sobre a PNL(Programação Neurolinguística) e como transformá-lo em ferramentas preciosas para a mudança tanto pessoal, como profissional. Assim como outros temas de grande relevância que serão abordados também. Utilizaremos além de artigos, estudo de caso, exercícios, vídeos e depoimentos de pessoas que obtiveram resultados com estas ferramentas. Hoje discutiremos um assunto interessante e imprescindível à mudança pessoal, a PNL(Programação Neurolinguística). Vamos entender primeiramente o seu signifado:

Programação: Significa um “programa”; imagine um programa de computador, algo sintetizado.

Neuro: relacionado ao cérebro.

Linguística: está relacionada à linguagem, ou seja, comunicação.

A PNL foi oficialmente divulgada a partir de 1970, pelos estudiosos John Grinder e Richard Blander. Grinder tornou-se professor de Linguística no Campus recém criado da Universidade da Califórnia em Santa Cruz, encontrando Bandler que era na época estudante de Matemática. Bandler então, começou a estudar Psicoterapia, convidando Grinder a participar de seus grupos de terapia, que ficou fascinado com os padrões linguísticos uados pelos verdadeiros terapeutas e, em 1974, em parceria com Bandler criou um Modelo, formulado a partir da teroria da Gestalt, Fritz Perls, a terapeuta Virgínia Satir e pelo hipnoterapeuta Milton H. Erickson. A partir de então, Grinder e Bandler passaram a modelar vários padrões cognitivos e de comportamento desses terapeutas.

Através das ferramentas da PNL(Programação Neurolinguística), podemos alterar nosso padrão de comportamento, obtendo assim, resultados diferentes e claro, dependendo no modelo mental escolhido, este padrão poderá ser positivo ou negativo. Isso indica que a maneira como definimos nosso padrão mental é de extrema importância que influenciará e muito em nossos resultados.

De acordo como os estudos da PNL(Programação Neurolinguìstica), quando vimos uma pessoa de sucesso temos três opções:

Admirar- “Poxa vida, você consegui realizar isso, parabéns, você merece!”;

Sentir inveja- “ Vai saber como fulano conseguiu chegar lá, boa coisa não fez!” ou

Admirar e fazer igual ou melhor que a pessoa de sucesso- “Que maravilha, ele merece, também quero este sucesso para mim, vou descobrir as minhas habilidades e procurar fazer ainda melhor!” (este é o modelo utilizado pela PNL).

No próximo artigo, falaremos sobre algumas ferramentas que nos auxiliarão a alcançar êxitos, conquistar confiança e fazer da vida um palco, onde nós nos tornamos os principais atores. Até lá!

Abraços,

Claudia Menezes.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Café Com Idéias com as etiquetas , , , , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s