Entre em flow e aumente a sua felicidade!

download (2)

Café Com Ideias: Você pode não saber o que é flow, mas é bem provável que já tenha vivenciado a sua sensação. Sabe aquele momento em que se envolve em uma atividade e nem percebe o tempo passar? Pois é, este é o momento flow. Na verdade, a perda da noção do tempo é apenas uma característica do flow, como diz a matéria da revista Psique Ciências e Vida, que veremos a seguir:

“O conceito flow foi desenvolvido na década de 1960 pelo psicólogo Mihaly Csikszentmihalyi, que, a partir do estudo do processo criativo, interessou-se pelo fenômeno da motivação intrínseca, ou pelo que chamamos de atividade autotélica. Denominamos autotélico um tipo de atividade recompensadora por si mesma, independentemente de seu produto final ou de qualquer bem extrínseco que dela possa resultar.”

Café Com Ideias: A leitura de um livro, por exemplo, pode ser considerada uma atividade autotélica para quem saboreia a leitura e não faz por obrigação, como estudar, e sim pelo prazer em ler. Uma palavra cruzada por exemplo, assim como outras atividades que levam ao flow.

Mas afinal, qual é a ligação do flow com a felicidade? De acordo com a matéria da revista Psique, é preciso entender as linhas gerais da Psicologia Positiva, a qual postula que do ponto de vista do indivíduo, a felicidade seria a soma de resultados da emoção positiva, relacionada ao passado, presente e futuro.

“Assim, Seligman afirma haver duas maneiras de experimentarmos a felicidade no momento presente: pelo prazer e pela gratificação. Sabemos que os prazeres são definidos como satisfações com claros componentes sensoriais e fortemente emocionais, que se caracterizam por serem passageiras e exigirem pouco, ou mesmo nenhum, raciocínio.”

Ainda segundo Seligman, podemos então definir como prazer: o êxtase, o entusiasmo, o orgasmo, o deleite, o gozo, o conforto e etc. 

“Embora seja um componente da felicidade, o prazer, por si só, é incapaz de alcançá-la, ao contrário do que a cultura ocidental (e os apelos da sociedade de consumo) leva-nos a crer. Isso ocorre em razão de seu caráter efêmero e à sua incapacidade de trazer complexidade ao Self.”

“Já a gratificação, por sua vez, não é acompanhada, necessariamente, por qualquer sensação natural e origina-se das atividades que gostamos muito de praticar e que nos envolvem, de tal forma, que perdemos a noção da realidade.”

Ao praticarmos as atividades que nos remetem ao prazer e ao percebermos que demos conta da mesma, entramos em contato com as nossas forças pessoais. Este estado podemos chamar de flow, que para Csikszentmihalyi, “reúne as seguintes características: concentração intensa e focada, fusão entre ação e consciência, perda de autoconsciência reflexiva, sensação de contole sobre as próprias ações, distorção da experiência temporal e experiência de que a atividade é intrinsecamente recompensadora.”

Porém, talvez seja, na sua relação com a complexidade do Self, que reside a característica mais importante do flow.

 

Abraços,

Claudia Menezes.

Fonte: Revista Psique Ciências e Vida, Edição Especial nº8.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Café Com Idéias. ligação permanente.

Uma resposta a Entre em flow e aumente a sua felicidade!

  1. Reblogged this on Café Com Ideias and commented:

    Há quanto tempo você não entra em Flow? Pode ter entrado hoje mesmo, ou no final de semana passado. Eu adoro entrar em Flow. Experimente!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s