Se você quer prosperidade, mude seu nível de pensamento!

Imagem

A humanidade vive em busca da prosperidade, mas poucos são os que sabem conquistá-la. Muito mais que desejar um bom relacionamento, uma boa carreira, um bom carro, uma boa posição, situação financeira e etc. é preciso criar um estado de espírito, não só para obtê-los como também para mantê-los. Um relacionamento para se tornar duradouro, seja ele, namoro, casamento, precisa ter como base o desejo ardente de prosperidade. Ambos devem se sentir felizes com a presença um do outro, além da cumplicidade e respeito. Uma boa carreira, depende da motivação para executá-la. Posição social e financeira também, afinal são condições ímpares e se não estiverem acompanhadas de uma dose de bom humor, de nada valem. 

Certa vez ouvi uma pesquisa que dizia ser mais feliz aquele casal que conseguisse fazer o outro rir com determinada frequência, e acredito piamente nisso. Da mesma forma, as pessoas que amam o que fazem, tendem ser mais felizes. O importante então é elevar o nível de pensamento e desejar ardentemente a felicidade, seja ela como for e venha de onde vier.

Vejamos trechos do livro: ” Os 7 Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes” cujo tema é “Um Novo Nível de Pensamento”. 

“Quando olhamos à nossa volta, e para nosso íntimo, identificamos os problemas criados pela convivência e pela interação com a Ética da Personalidade. Então, começamos a perceber que temos problemas sérios, fundamentais, impossíveis de serem resolvidos no nível superficial em que foram criados.

Precisamos de um novo estágio de pensamento, um nível mais profundo, um paradigma baseado nos princípios que descrevem exatamente o território efetivo da existência e das interações humanas. Assim, poderemos resolver as preocupações mais sérias.”

O autor considera ser importante começar “De dentro para fora”, ou seja: começar consigo mesmo(a), ou então, começar pelo mais íntimo, seus paradigmas, caráter e seus motivos.

“Dessa forma, se você pretende ter um casamento feliz, seja uma pessoa capaz de gerar energia positiva, afastando as más vibrações em vez de atraí-las. Se você pretende ter um filho adolescente que coopere mais, seja um pai mais compreensivo, solidário, coerente e amoroso. Se pretende ter mais liberdade, mais latitude  em seu trabalho, seja um empregado mais responsável, generoso e envolvido com sua atividade. Se pretende conquistar a confiança das pessoas, seja confiável. Se busca a grandeza secundária do reconhecimento de seu talento, concentre-se inicialmente na grandeza primária do caráter.

A abordagem de “dentro para fora” mostra que as vitórias particulares precedem as vitórias públicas, que cumprir as promessas feitas a nós mesmos vem antes do cumprimento de promessas feitas a terceiros. Mostra que é inútil colocar a personalidade acima do caráter e tentar melhorar as relações com os outros sem dar atenção ao próprio crescimento.”

“Eu já tive a oportunidade de trabalhar com muitos tipos de pessoas- gente maravilhosa, talentosa, ansiosa, para atingir o sucesso e conquistar a felicidade, gente que deseja mudar e gente que causa danos aos outros. Trabalhei com executivos de empresas, estudantes universitários, grupos ligados a igrejas e organizações cívicas, famílias e casais. E em todas as minhas experiências não vi, nem uma única vez, soluções duradouras ou felicidade e sucesso sólidos que viessem de fora para dentro.

Como resultado do paradigma de fora para dentro, só vi pessoas infelizes, que se sentiam perseguidas e imobilizadas, concentrando-se nas fraquezas dos outros e nas circunstâncias que, na opinião delas, eram responsáveis por sua estagnação.

Observei casamentos infelizes, em que um cônjuge quer que o outro mude seu jeito de ser, em que um só fala dos defeitos do outro, em que cada um quer moldar o outro conforme um modelo preestabelecido.”

“Precisamos modificar nossos paradigmas, passando a um nível diferente, novo, no qual adotarmos uma atitude “de dentro para fora.”

Albert Einstein disse: ” Os problemas significativos com os quais nos deparamos não podem ser resolvidos no mesmo nível de pensamento em que estávamos quando eles foram criados.”

FIM

À medida que adortarmos novos hábitos em nossas vidas, buscarmos novos princípios e focarmos mais em nosso processo de melhoria ao invés de focarmos no outro, teremos mais possibilidades de sermos felizes. Podemos começar a mudança a qualquer momento, desde que estejamos realmente preparados para os resultados surpreendentes que certamente aparecerão. Boa sorte!

Veremos mais sobre ” Os 7 Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes” Em um próximo post.

Abraços,

Claudia Menezes.

Fonte: “Os 7 Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes” Stephen R. Covey

 

 

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Sem categoria com as etiquetas , , , , , , , , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s